Sem tempo para ler? Clique no play e ouça o conteúdo sobre arte digital

A arte digital é a inovação que os meios eletrônicos trouxeram para o universo artístico. Com ela, as manifestações de arte passaram a ter contornos diferentes do que era considerado tradicional. Mesmo assim, permaneceu a característica de usar arte para expressar ideias, sentimentos, emoções, identidade, desejos e muitas outras possibilidades.

O que você já sabe sobre a arte nesses moldes digitais? Descubra alguns fatos adicionais e entenda como essa inovação é positiva e presente no cotidiano de muitas pessoas!

O que é arte digital?

A arte digital é simplesmente uma manifestação artística que tem sua execução possibilitada pelo uso de meios eletrônicos, como celulares, computadores ou qualquer outro meio de tecnologia digital a ser usado em seu processo criativo.

O escritor austríaco Ernst Fischer, em uma de suas obras mais notáveis intitulada A necessidade da arte (1959), deixou a mensagem de que “a arte é quase tão antiga quanto o homem”.

Uma colocação tão precisa como essa provoca reflexões sobre o que é arte e qual a sua influência na vida das pessoas, em diferentes momentos da história da humanidade e, em um aspecto mais individual, da vida de várias pessoas. É por isso que vale a pena entender mais sobre formas contemporâneas de fazer arte.

Como a arte digital surgiu?

As obras de arte digital surgiram dentro de um contexto de mudança das perspectivas existentes sobre a forma tradicional como as pessoas se expressavam através da arte, e de inovações em técnicas artísticas.

Logo depois da segunda guerra mundial, o modernismo e suas imposições de regras tradicionais enfraqueceram, o que deu espaço para outras formas de manifestações artísticas. A arte contemporânea encontrou espaço para crescer e se estabelecer, inicialmente através de manifestações como Pop Art e Minimalismo.

Dentro desse cenário de mudanças, os artistas usaram sua criatividade para visualizar novos espaços onde seria possível experimentar – uma atividade comum à produção de arte – e com os avanços da era digital, no final do século 20, se intensificou a ideia de usar tecnologia para criar arte.

Foi aí que, com os computadores em cena, aquele mundo digital em fase de desenvolvimento já chamou a atenção de artistas que buscavam por inovações capazes de transformar a visão que se tinha  da criação de arte naquele período.

A popularização desse tipo de arte e pintura digital é parte da atenção voltada para as constantes inovações tecnológicas, somadas à movimentações que têm ocorrido no mercado e na arte mundial.

Como se tornou popular?

Acessível, interativa e dinâmica, a arte digital caiu no gosto de muitas pessoas ao redor do mundo.

Apesar de ter seus primeiros registros entre a década de 50 e 60, foi com a animação por computador que esse tipo de arte começou a ser conhecido, e isso só aconteceu na década de 80. Imagens que tinham como base cores brilhantes e formulações de pixels quadrados impactaram o período e motivaram artistas a usar esse tipo de software. Nesse momento, a conexão entre arte e tecnologia passou a ser cada vez mais explorada.

Luz, som e pixels

Essa nova forma de fazer arte deu aos artistas mais possibilidades de criar, e mudou o alcance e a forma como a arte seria vista. Essa mudança alcança também o modo como organizam a arte como forma de sobrevivência (trabalho), já que a contemporaneidade traz novas carreiras que agora podem ser seguidas por artistas que se dedicam à arte digital.

Tipos de arte digital 

Existem diferentes tipos de arte digital e cada uma delas conta com técnicas diferentes. Elas são parte de um cenário onde cada nova possibilidade foi explorada e vista através da criatividade para produção de um resultado novo.

Pixel Art

Uma delas é a pixel art, que consiste em manipular de forma individual os pixels e suas cores. Os pixels são seus elementos básicos, por isso o nome. Esses pontos digitais são usados na construção da arte, e dão um contorno único.

Animação digital

As ilustrações e pixel art estáticas representam boa parte da arte digital, mas além desses tipos existem as animações, que dá a esse produto o efeito animado, seja em 2D ou 3D.

Modelagem 3D

 Por falar em modelos tridimensionais, a modelagem 3D é a arte digital que cria elementos tão reais que chegam a parecer palpáveis. Seus contornos se aproximam, para quem olha, de uma foto, mas é somente uma estrutura criada em modelagem 3D.

Ilustração

 A ilustração pega a forma convencional de fazer arte e simula essa produção através da criação gráfica. É simplesmente o desenho/ilustração criado digitalmente através de softwares aptos para isso.

Carreiras da arte digital

Arte digital designer gráfico

O designer gráfico é um exemplo de profissional que trabalha com arte digital. Ele tem como objetivo a criação de peças gráficas, que podem ser usadas no mundo digital, mas nada impede que sejam impressas e usadas no mundo físico.

É esse o profissional que trabalha com a criação de identidade visual para pessoas e marcas, individualizando suas assinaturas visuais. Também pode criar imagens que ilustram capas e conteúdos de revistas, livros, banners, outdoors e muito mais. É um profissional versátil e extremamente importante para quem quer marcar sua identidade e faz isso por meio da arte digital, além de poder atuar como editor e/ou diagramador de sites e blogs.

Quase tudo o que envolve a comunicação por meio da imagem pode ser objeto do trabalho de quem faz arte digital, já que ela atrai e facilita a compreensão. É por isso que, dentre as outras possibilidades para esses artistas, está a área de designer de jogos e fotografia

banner

Você já sabia que a arte digital tinha tantas possibilidades? Confira mais conteúdos semelhantes no blog da Insider!